O Método do Vídeo Solidário consiste na autogravação de relatos pessoais;

Os relatos podem ser diários, semanais ou ainda ocasionais;

Tais depoimentos possuem finalidades autoterápicas;

Os registros podem dar-se a cerca de ideias, ideais, frustrações, opiniões, soluções, ambições, desejos e outros;

Os vídeos podem ser assistidos em sequencia ou não, com a finalidade de atingir o autoconhecimento, desenvolvimento pessoal, resgate da individualidade e fortalecimento do discurso individual através da prática;

O procedimento requer o uso de uma câmera e microfone;

Uso da internet é opcional, pois a prática pode se dar de maneira pública ou privada;

Tempo do vídeo pode variar de um (1) até quinze (15) minutos, sendo mais aconselhável a prática diária;

Os registros do Método de Vídeo Solidário servem como autobiografia audiovisual e podem ser compartilhados ou não;

O método conta com o desenvolvimento de Software Aplicativo;

Para incentivo e divulgação do movimento o portal que acolhe a tecnologia psicossocial lançará missões a serem cumpridas pelos participantes para uma prática mais profunda chamadas de Missão Mimética, com base nos estudos da “Maiêutica”.

 

 

Referente a organização Igreja Invisível; trata-se de um discurso inovador para quem busca orientação e/ou autoajuda sem ater-se a conceitos arcaicos, pré-estabelecidos, dogmas e crenças religiosas. Levando ao público a pratica do autodesenvolvendo sem intermédio de estudioso em filosofia, linguagem, psicologia, teologia e afins.

Método de Vídeo Solidário

gallery/capa video s

Por mais que sejamos constituídos formalmente como organização religiosa, também pertencemos à categoria de saúde complementar. Nossa Missão: "A busca da cura através da Arte e da consciência.'